Diário de um noivo em Santorini

Post escrito pelo noivo Paulo Morais, de Porto, Portugal. O casamento dele com a nossa querida Daniela (a Dani agora é parte da nossa equipe!) aconteceu em setembro de 2019, no lindo terraço do Santa Irene, em Santorini, na Grécia!! Preparados para ler este relato?

Foto de LifeClicks Studio


Num mundo ainda um pouco tradicional como este em que vivemos, tendemos todos a considerar o dia do casamento como o Dia da Noiva. E se é certo que, por um lado, este é, de fato, o dia esperado, sonhado, imaginado e idealizado por grande parte das mulheres, não é também menos verdade que, por outro lado, há homens que o sonham, imaginam e idealizam com o mesmo entusiasmo.

Foto de LifeClicks Studio


Quando decidimos dar finalmente o primeiro passo na concretização desse sonho e a pesquisa ganha forma, uma grande parte dos motores de busca online, fóruns ou até revistas sobre o tema acabam invariavelmente nesse infindável mundo dos vestidos, do bouquet, dos sapatos, da maquiagem, do cabelo, das joias... Enfim, na preparação da noiva! A questão que sobra é então premente:


Mas e o noivo?


Ser o noivo em Santorini não é ser um noivo qualquer. Ser o noivo em Santorini é sê-lo no local mais bonito do mundo (para mim, claro!) e, assim, é preciso ser e estar-se de acordo. E, na verdade, não é assim tão difícil quanto se possa imaginar... Partilho-vos o meu exemplo pessoal!


Noivo Gabriel Sarantopoulos, Foto de LifeClicks Studio


O noivo deve estar presente no processo das escolhas.


Como já terão podido perceber, fui um noivo que quis e esteve presente em todas as decisões que envolveram o nosso casamento. A começar pela equipa de assessoria, naturalmente, que rapidamente e em boa hora escolhemos – a Casamentos em Santorini. Era imperativo contar com uma equipa de profissionais com alguns requisitos: seriedade, experiência, empatia e bom gosto. Confesso-vos o seguinte: a escolha foi perfeita! Desde o acompanhamento em todo o processo, passando pelas dicas que facilmente nos escapariam, até ao dia do casamento em que não nos largaram um segundo, a Casamento em Santorini foi os padrinhos que não levamos para a cerimônia! Sim, porque o nosso casamento foi um Elopement e, assim, não havia convidados…


Mas voltando ao início (que fácil é perder-me nas letras ao relembrar aquele dia!!), e decididos que estávamos pela Casamentos em Santorini enquanto assessores, era hora de pôr pés ao caminho e começar efetivamente a organizar o grande dia. A data era já certa, o dia do nosso aniversário de namoro, e para tal dia era importante eu estar à altura! Como eu dizia, quando se imagina um casamento todos os nossos pensamentos seguem diretamente para a noiva… Mas aqui o noivo era eu e esse eu não podia defraudar as expectativas daquela que se tornaria a noiva mais bonita que aquela Caldera já viu! Ao trabalho…


Como escolher o look do Casamento em Santorini


No que aos nossos looks diz respeito, optamos por manter em segredo todos os nossos preparativos e indumentária. Ora se à partida a ideia é muito bonita - chegar à cerimônia e vermo-nos pela primeira vez com todo aquele romantismo - resulta que só dificultou ainda mais a minha vida! Eu nunca tinha casado, mas sabia que queria ser eu a escolher tudo quanto eu fosse usar. Fato, sapatos, cabelo, perfume, acessórios… tudo responsabilidade minha! Deixem-me dizer-vos que sim, é difícil, mas também sim, é tão bonito todo este processo…


Noivo Alex, Foto de Dreamodd

Primeiro passo:


Escolher o fato (terno). No meu caso optei por escolher não só o fato, mas também o alfaiate que pudesse colocá-lo bem à minha medida e gosto. Afinal era o dia do meu casamento e tudo tinha de estar perfeito. Azul, naturalmente. Escolha obvia em tal cenário. Mas não um azul qualquer… Azul claro. Corte original. Calça em cetim e casaco em linho. Lindo! A escolha do alfaiate revelou-se primordial. Os conselhos e ajustes de um profissional são ótimos para quem está ansioso como eu estava!


Segundo passo:


Escolher os sapatos. Processo mais fácil que o anterior, percebe-se. Nunca quis estar muito formal, estamos num Elopement em Santorini e não na igreja da vila onde nasci, e, como tal, sempre tive na ideia usar uns Mocassins. Em veludo, azul escuro, corte simples a contrastar com o azul e corte informal do fato. Match perfeito. Escolha rápida e certeira!


Terceiro passo:


Definir o cabelo e acessórios. Como já terão notado, não fui um noivo extravagante. Ainda assim queria dar um ar da minha graça em pequenos detalhes de que pudéssemos falar no futuro! Na lapela, um pino em forma de leme, o mar sempre presente, pois claro! Dispensei o cinto e qualquer acessório para os pulsos. A aliança na mão esquerda haveria de ter destaque e ser, sozinha, a rainha da noite! Quanto ao cabelo, e na medida em que o uso sempre bastante curto, não tive grandes problemas. Um pouco de vento e mar gregos, misturados com as brancas que já se fazem notar e tudo ficou certo!


Agora que escrevo todos estes momentos parece-me tudo tão simples.


Nem percebo o porquê de tanta ansiedade vivida durante aqueles últimos meses até ao dia em que o tempo parou – sim, é assim que defino o dia do nosso casamento, o dia em que o tempo parou! No entanto, vale lembrar de que foi toda uma ansiedade bonita de se viver, entusiasmante, em que a cada visita ao alfaiate o coração acelerava (será que ficou bem?), em que a cada dia que se aproximava eu me perguntava se iria conseguir conter as lágrimas (não contive!), em que desde o primeiríssimo momento em que aterramos nesse lugar mágico eu me perguntava se de fato eu era merecedor de tal momento!


O dia chegou.


Foto de LifeClicks Studio


E foi perfeito, já imaginam! O clima. O pôr do sol. O motorista. Os fotógrafos. O celebrante. As assessoras. O bolo. O champagne. A decoração. O local. Tudo. Uma espécie de alinhamento universal em que o mundo pareceu voltar-se para nós e abençoar-nos para a eternidade. Vivi o dia como vivi a caminhada. De uma forma intensa e apaixonada, como assim era merecido.


Fui um noivo de Santorini e deixo para o fim o único lamento: não mais poder voltar a sê-lo! (Vamos pensar na renovação de votos?)


A emoção de casar em Santorini é indescritível, mas imagino que vocês também ficaram emocionados com o relato do noivo Paulo. Para finalizar, colocamos abaixo mais algumas fotos de outros noivos da Casamento em Santorini.


Noivo Gabriel Queiroz, Foto de LifeClicks Studio


Noivo Caio, Foto de LifeClicks Studio


Noivo Igor, Foto de Dreamodd


Foto dos acessórios do noivo Juliano, Foto de LifeClicks Studio